Dormir Cedo é Fórmula Para Sentir-se Cada Vez Melhor

Dormir Cedo Faz Bem
Dormir Cedo Faz Bem

Dormir cedo é muito mais importante que imaginávamos. Foram estudadas 470 mil pessoas em 8 países. Aquelas que dormiam 6 horas ou menos por noite apresentaram chance 48% maior de doenças cardiovasculares seguidas de morte e 15% maior de AVC (Acidente Vascular Cerebral) seguido de morte. O estudo foi publicado no European Heart Journal.

Os mesmos pesquisadores também comprovaram que noites mal dormidas trazem toda sorte de desequilíbrios hormonais, predispondo a doenças desde diabetes até pressão alta. E por noite mal dormida não se deve entender apenas dormir pouco, mas também não dormir cedo!

Acrescente a tudo isso o risco de se expor a más notícias na TV e computador durante a noite e madrugada e se estressar ainda mais! Ah, e também o risco de ter uma “fome atroz” durante a madrugada e ceder a algo bem doce que lhe fará engordar e perder a beleza e auto-estima (além da saúde, é claro). Ao dormir cedo você “pula” tudo isso.

Dormir cedo não apenas propicia uma vida mas longa, mas também mais feliz e saudável. O sono é mais importante que a maioria de nós imaginamos. Um sono suficiente e de boa qualidade durante a noite (e não durante o dia) diminui a incidência de depressão, pois promove o equilíbrio de neurotransmissores, hormônios e neurohormônios que beneficiam o bom humor, otimismo e motivação. Repare que praticamente 100% dos sofredores de depressão trocam o dia pela noite – ou seja, passam grande parte da noite acordados, e grande parte da manhã (e em alguns casos até da tarde) dormindo, o que contribui para o desequilíbrio daquelas importantes substâncias biológicas responsáveis pela saúde, imunidade e bom humor.

Dormir cedo é importante para a vida. Vá dormir mais cedo para dormir mais horas – e viver mais e melhor!

2 Dicas Para Dormir Mais Cedo e Melhorar Sua Vida

  1. Desligue equipamentos eletrônicos à noite
    Desligue Eletrônicos à Noite Para Dormir Cedo

    Desligue equipamentos eletrônicos a partir das 19:00h. Por equipamentos eletrônicos entendem-se computador, smartphonetablet e quaisquer outros emissores de luz direcionada aos olhos. Isso inclui a televisão! À primeira vista, essa orientação pode parecer contrária à intuição, pois nós justamente ligamos todos esses equipamentos à noite com a finalidade de relaxar e espairecer após um dia cheio. Mas ao mesmo tempo em que esses equipamentos distraem a mente das atribulações do dia, a luz e a estimulação cerebral provocada por eles provoca um atraso nos mecanismos cerebrais que culminam no sono, resultando num horário de dormir bem mais tardio. Ao mesmo tempo em que distraem, equipamentos emissores de luz dificultam dormir cedo.

  2. Use iluminação indireta, agradável e de baixa intensidade à noite em sua casa. Abajur, velas, lâmpadas incandescentesdimmers e até lamparinas a óleo que você encontra em lojas de antiguidades e dão um charme incrível ao ambiente. Apenas lembre-se de tomar os devidos cuidados para não se queimar ou provocar um incêndio! Uma conversa agradável com entes queridos ou simplesmente uma leitura relaxante provocará um estado de calma propício para atrair um bom sono, muito mais cedo que você imagina.

Durma o quanto mais cedo, durante 8 horas, todas as noites. Além de dormir cedo, é importante dormir no escuro total. Qualquer ponto de luz, por mais tênue que seja, é percebido pelas nossas células e modifica para pior o equilíbrio químico do nosso cérebro. Leve essa informação a sério e apague tudo (até a luzinha vermelha do aparelho eletrônico desligado). Vede qualquer ponto de luz que você não possa apagar: cubra a luz do ar condicionado com fita isolante, feche as cortinas, tenha blackout além de cortinas (blackouts são cortinas de lona que costumam ser instaladas por trás das cortinas com a finalidade de escurecer mais o ambiente). Tenha persianas e mantenha-as fechadas. Lembre-se: a escuridão total é vital para que a qualidade do sono seja ótima. Isso vale também para suas crianças!

Experimente, com diligência e disciplina, esta simples mudança no seu sono e veja, em poucas semanas, sua imunidade, humor, motivação, concentração, memória, capacidade de aprendizado e competitividade aumentar mais que qualquer remédio seria capaz de fazer isoladamente.

Quer receber um email a cada novo artigo publicado? Clique aqui.

Informações sobre Consultas

Publicado por Dr. Alexandre Feldman

Médico clínico-geral, autor de vários livros, criador dos sites MedicinaDoEstiloDeVida.com.br e Enxaqueca.com.br, palestrante, criador do termo "Medicina do Estilo de Vida", para designar a vertente da medicina que prioriza mudanças de hábito e estilo de vida para a prevenção e recuperação de doenças. Tem consultório em São Paulo, cidade onde mora com sua esposa Pat Feldman e dois filhos.

3 respostas em “Quem Dorme Pouco Morre Antes”

  1. Muito boa matéria Dr. Alexandre Feldman, aliás todas que você publica são importantes, porque está relacionadas a saúde e o bem estar das pessoas, adoro receber seus e-mails, abraços e até a próxima…

    Att,

    Profª Hélia Machado.

  2. E para quem trabalha de turno fixo 6 noites com 1 dia de descanso e 1 dia de folga? E turno de revezamento de 6 dias variando 2 dias de 07 às 15hs, 2 dias de 15 às 23hs e 2 dias de 23 às 07hs e com 1 dia de descanso e 1 dia de folga? Quando podemos dormir não queremos e quando queremos não podemos. Parabéns pelos conselhos.

Os comentários estão desativados.